Information & statistics for the 'quitao' search query

 
   
 

  'quitao' is a single-word search query.

  Web pages relevant to the query:

Add Your Web Site here

  Search queries starting with 'quitao':

  Goods related to 'quitao':



Agulha em Palheiro

  From Content: 'Em 1803, o sapateiro de Manuel Maria Barbosa du Bocage era Francisco Loureno Gomes, estabelecido na calada do Sacramento, em Lisboa. Francisco Loureno era, n'aquelle tempo, rapaz de dezoito annos; mas, por sua muita esperteza e actividade, merecera que o pae lhe confiasse a gerencia da loja, grandemente afreguezada. Os poetas notaveis do tempo calavam todos de casa de Francisco Loureno; um s, porm, o maioral de todos, o repentista Bocage, calava gratuitamente. Os coevos do poeta recordam-se de o terem visto quasi sempre mal entrajado de casacas, pantalonas e chapos: mas, no tocante a botas, dizem todos que o vate Elmano primava em aceio, e raro dia saa rua com ellas sem muito lustro de fina graxa.Este accidente da vida de Bocage, omittido nas biographias do immortal improvisador, escriptas por Castilho e Rebello da Silva, tive eu a fortuna de apanha-lo casualmente. Assim, pois, se explica a distinco das botas de Manuel Maria entre as dos seus collegas e rivaes do botequim Nicola: Francisco Loureno, o sapateiro dos casquilhos d'aquelle tempo, era amante de versos. Principira saboreando as trovas chchas de Jos Daniel; e ditosa correra a vida pedestre ao infausto poetrasto, em quanto a admirao do sapateiro lhe foi prodiga de botas; quando, porm, o moo ouviu Bocage improvisar na festividade de Corpus-Christi, fatal hora badalou para o auctor do Almocreve das Ptas, que nunca mais encontrou graa no seu Mecenas de bezerro e sola. O enthusiasta de poesia presenteou Bocage com umas botas, e a quitao de dois remontes que lhe devia. O poeta, no vezado a taes galhardias do vulgo profano, posto que a pouco mais subisse a capacidade do claro auditorio seu, retribuiu a generosidade do moo com prosa chan, mas muito mais sincera e cordeal que os versos. Francisco tomou a cuidado seu mandar todas as manhs buscar o calado do poeta predilecto, e devolver-lh'o brunido e lustroso como um espelho; e, apenas as solas se gretavam ou os saltos iam entortando, logo novas botas, em fazenda e feitios primorosas, iam saudar o vate acordado para um novo dia dos seus desvairados prazeres de praas e tavernas. A repetio d'estes brindes abriu, no animo generoso e popular do poeta, as portas confiana timida do artista. Francisco Loureno teve a honra de almoar com Bocage no botequim das Parras, e d'aqui sairam juntos a jantar n'uma horta do Campo-Grande, onde Elmano, fiel aos seus usos e costumes, bebeu tripa frra, e poetou, consoante o auditorio lhe beliscou a musa escandecida. O sapateiro, instigado por sua doce embriaguez, que era suave e honrada embriaguez do amor casto a uma prima, revelou ao poeta a sua paixo, e pediu-lhe umas quadras natalicias para festejar os annos da sua amada. Esta confidencia rebentou do corao do moo alli pelas alturas de S. Sebastio da Pedreira. Bocage, sem mais averiguaes, entrou n'uma tenda, pediu papel, disse a Francisco Loureno que escrevesse, e improvisou torrentes de quadras que extravasaram da folha de papel almao. O sapateiro amante chorava de alegria; e o especieiro ficou pasmado e maravilhado de ter tido em sua loja o famoso poeta, que era o esfarrapado idolo do povo, como todos os idolos do povo, que assim os quer esfarrapados, ou tarde ou cedo os esfarrapa, se elles lhe cem nas mos bem ageitados.'

Concurrency (the number of search results)

 414,000   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
  122,000  121,000 
   
   
   
   
   
   
 Google   Yahoo   Bing 
Search engineConcurrencyDate
Google414,0002010-10-21
Yahoo122,0002010-10-21
Bing121,0002010-10-21

  Data used to build the chart and the dates when the information was collected.